HOMENAGEM


Homenagem



Aos quatro ou
cinco anos, eu era uma garotinha que já gostava de fazer versos. Parece que eu
encerrava as minhas “apresentações” sempre com a mesma frase: bonecas no meu
coração. Tudo a ver com a minha paixão do momento...
Ao longo de
minha vida ouvi meu pai repetir esta estória. Aliás, sempre com muita alegria e
orgulho da “precocidade” da primogênita.
Por isso, o
título do blog é uma homenagem a meu pai, Humberto Narbot.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

GOTAS



Na folha em branco
gotejam letras
escorrem palavras.
 
Palavras-ímãs
atraem sonhos
lágrimas
dores
risos
amores.
 
Gotejam letras
escorrem palavras.
 
Gotas.
Go
   te
    jam.
Go
   te
    jam.
 
O lago, versos.
 
 
(Lago Igapó - Londrina, PR - foto da autora)


16 comentários:

  1. Muito lindo Lu, delícia de ler!! Beijinhos de luz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Oneida, você é muito gentil. Bjs poéticos

      Excluir
  2. Querida Lu!
    Parabéns, as palavras gotejaram, inspiradas na bela foto, virando deliciosa poesia. Beijão

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela gentileza da leitura e do comentário, Rosana.

    ResponderExcluir
  4. Gotejam desde já lágrimas alegres de saudades. Foram momentos únicos, muita emoção. Amei. Amei demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos reencontraremos logo, em Maceió, Liz. Obrigada pela leitura.

      Excluir
    2. Lindo Lu.Que bom que ficou a saudade...porque saudade é aquilo que não podemos ver....Hoje fui ao Harbor, buscar uma roupa da Aline...(isso sim foi saudade...saudade da ausência do nosso bu8rburinho poético...bjus

      Excluir
    3. Obrigada, Betina. Você com sua simpatia é a grande responsável prla saudade.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Obrigada, Aline pela gentileza da leitura.

      Excluir
  6. GOTEJAM LETRAS E AS PALAVRAS GANHAM VIDA. E ESTA VIDA É VIBRAÇÃO. PARABÉNS. FELICIDADES.ABRAÇOS CATARINENSES DA ARLETE E DO BRIDON

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arlete e Bridon, vocês são muito queridos. Obrigada pela leitura. Abraços campineiros.

      Excluir
  7. Coisa linda ! Tem um pedacinho de cada um de nós, londrinenses, aqui nesse poema primoroso ! Parabéns poeta ! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Charlyane, sua cidade é um encanto. e o encontro foi bom demais, não foi?

      Excluir
  8. Olá, Lu. Maravilhoso gotejar de emoções.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ana. Fico feliz que você tenha gostado.

      Excluir

Seu comentário é um importante incentivo e será bem-vindo. Obrigada.